Terceira geração do Zoe foi o elétrico mais vendido em janeiro em Portugal.

 

Poucas semanas depois da sua chegada ao mercado, o Renault Zoe já é o elétrico preferido dos portugueses.

Em janeiro, o modelo da marca francesa foi o automóvel zero emissões mais vendido no país, num segmento que registou um crescimento de 35 por cento em relação ao período homólogo de 2019, com a venda de 230 unidades.

O novo Zoe, comercializado em Portugal no final de novembro, registou nas primeiras sete semanas de comercialização, um volume de encomendas de metade das vendas totais do modelo em 2019.

“Estes números revelam o resultado do reconhecimento dos portugueses por um produto que é verdadeiramente ímpar: nenhum outro automóvel elétrico oferece tanto por tão pouco! O Renault Zoe é o símbolo da democratização dos elétricos e a inquestionável referência entre os automóveis zero emissões acessíveis”, sublinhou Fabrice Crevola, administrador delegado da Renault Portugal.

Recorde-se que a terceira geração novo Zoe está mais autónoma com a nova bateria Z.E.50 e está mais potente com a estreia do motor R135.

O novo motor R135 com 110 kW (135 cv) de potência e com 245 Nm de binário é um dos pontos de charneira do novo Zoe, que mantém o R110 de 80 kW (108 cv) de potência e 225 Nm da geração anterior.

 

Fonte: Auto Portal