SUV coupé topo de gama da marca apresenta-se em duas variantes do V8 biturbo de 4,0 litros da AMG.

 

A Mercedes revelou o seu novo SUV coupé topo de gama num modelo que chega para unir a elegância com o caráter desportivo ultrapassando, na sua versão mais alta, os 600 cv de potência.

O Mercedes-AMG GLE 63 4Matic+ Coupé está equipado com motor AMG V8 biturbo de 4,0 litros eletrificado com um motor de arranque/alternador EQ Boost (combinando os dois componentes numa única peça) e um sistema elétrico de bordo de 48 V a pensar na rapidez do arranque ou na recuperação de energia no desempenho das funções híbridas.

O poder deste imponente SUV coupé de tração integral varia entre os 571 cv (420 kW) de potência da versão base e os impressionantes 612 cv (450 kW) de potência da variante S. Este poder é gerido com inteligência com o sistema AMG de desativação dos cilindros em regimes de carga parcial tirando benefícios para o consumo de combustível.

Para uma condução o mais ágil e precisa possível, consoante as circunstâncias e melhorando o conforto respetivo, o novo GLE 63 Coupé conta com o sistema ativo de controlo de estabilidade da carroçaria e com suspensão pneumática adaptativa com o selo AMG. O sistema pneumático de nivelamento automático garante ainda que a distância ao solo se mantém constante, consoante o modo de condução escolhido, independentemente da carga transportada.

O Mercedes-.AMG GLE 63 4Matic+ Coupé está equipado com uma caixa de velocidades Speedshift TCT 9G (que permite o controlo manual pelas patilhas de alumínio no volante) e o sistema de tração integral AMG Performance 4MATIC+ com distribuição totalmente variável do binário.

Para melhorar ainda mais a tração e o dinamismo, o SUV dispõe de um bloqueio do diferencial controlado eletronicamente no eixo traseiro – melhorando a aceleração à saída das curvas e a travagem a alta velocidade, controlada pelo sistema AMG com pinças de travão fixas de 6 êmbolos e discos de travão de 400 x 38 mm no eixo dianteiro, e pinças de travão flutuantes de 1 êmbolo e discos de travão de 370 x 32 mm no eixo traseiro.

Os modos de condução comuns às duas versões são seis – Comfort, Sport, Sport+, Individual, Trail e Sand – com o GLE 63 na versão S a oferecer ainda o Race para uma condução em pista. Os programas de transmissão têm ainda associadas funções AMG Dynamics para controlo da agilidade automaticamente selecionadas, mas o condutor também pode utilizar os botões na consola central e no volante para fazer seleções manuais desde a caixa de velocidades à altura preferida da suspensão passando pela configuração do sistema de escape.

O desenho exterior AMG do GLE 63 Coupé vai da grelha cromada às saídas duplas de escape retangulares e ao difusor negro passando pelas jantes de 21’’ para a versão base e 22’’ para a S. No interior enriquecido pelo sistema MBUX e com uma unidade de controlo de funções específica da AMG na consola central, o ambiente desportivo com a marca de Affatlterbach mantém-se desde os bancos ao volante em pele de três raios passando pelos elementos de revestimento em fibra de carbono.

 

Fonte: Auto Portal