Após o Coupé, eis que a BMW lança a versão descapotável que estará à venda nos primeiros meses de 2019. A versão descapotável do Série 8 terá uma capota de tecido e não rígida que abre em 15 segundos, até aos 48 km/h. O sistema é novo e tem integrado uma proteção automática que faz sair dois arcos de proteção em milissegundos, caso detete que o carro pode entrar em capotamento.

Não há grandes diferenças de estilo face à versão fechada do Série 8. A grelha de duplo rim, os faróis rasgados com as luzes LED adaptativas e as jantes de liga leve de 20 polegadas, destacam-se.

O interior também imita a versão fechada do Série 8, excetuando os controlos da capota e a ventilação instalada nas laterais dos encostos de cabeça para aquecimento da cabeça dos ocupantes em caso de abertura da capota e de vento frio. O defletor de vento pode ser posicionado atrás dos bancos dianteiros e que pode ser arrumado na bagageira. Depois há uma série de equipamentos de topo arrumados na lista de equipamento opcional. Já de série, é oferecido o volante M Sport, a aparelhagem Harman Kardon, os estofos em pele Merino e o ecrã de 10.25 polegadas, com um “head up display” com 12,3 polegadas.

A versão apresentada foi o M850i equipado com o motor V8 de 4.4 litros com 530 CV e 748 Nm de binário, ligado a uma caixa automática de 8 velocidades e a um sistema de tração integral. Chega dos 0-100 km/h em 3,8 segundos e uma velocidade limitada aos 250 km/h. Sendo o modelo que estará imediatamente antes do futuro M8 Cabriolet, o M850i está disponível com a suspensão adaptativa M e direção ativa às quatro rodas (que permite que as rodas traseiras se movam o máximo de 2,5 graus). Há, também, como opcional, barras estabilizadoras ativas e travagem M Sport com maxilas azuis.

Todas as ajudas à condução estão disponíveis no Série 8 Cabriolet: Cruise Control Adaptativo com Stop & Go, Manutenção da faixa de rodagem com sistema de proteção de colisão lateral, Alerta para a transposição inadvertida da faixa de rodagem, monitorização ativa do ângulo morto e aviso de tráfego cruzado.

 

Fonte: Auto Mais