Durante o Concorso d’Eleganza Villa d’Este, que decorreu no passado fim-de-semana, a BMW aproveitou para mostrar ao público a recriação de um protótipo cujo paradeiro se desconhece. A marca bávara devolveu à vida o BMW Garmisch, protótipo desenhado por Marcello Gandini em 1970.

Da pena de Gandini saíram automóveis como o Lamborghini Miura, o Lancia Stratos Zero ou o Lamborghini Countach, o que comprova que o designer italiano é uma figura de enorme relevância na história da indústria automóvel. Enquanto trabalhou para a Carrozzeria Bertone foi um dos responsáveis pela modernização do design automóvel moderno, rompendo com os modelos clássicos dos anos 60 e levando-nos aos futuristas anos setenta, cheios de ângulos vanguardistas.

Em 1970, Marcello Gandini desenhou um protótipo para a marca alemã, o BMW Garmisch. A ideia partiu de Nuccio Bertone, que pretendia consolidar a sua relação com a BMW através deste protótipo. O automóvel foi apresentado no Salão de Genebra no mesmo ano, mas depois do salão desapareceu. Ninguém sabe ao certo o que estás por detrás do desaparecimento do automóvel, todavia acredita-se que possa ter sido roubado.

Na edição deste ano do Concorso d’Eleganza Villa d’Este a BMW decidiu homenagear Marcello Gandini com uma recriação perfeita do Garmisch. A recriação demorou apenas dois meses a ser construída e contou com o apoio do próprio Gandini e de várias pessoas que trabalharam no projecto quando este foi originalmente criado.

O BMW Garmisch é um coupé angular de quatro lugares, com grandes faróis dianteiros de forma rectangular e uma grelha frontal que chama atenção pela sua forma e dimensões mais pequenas do que as actuais grelhas da BMW. O seu design conta com linhas rectas, cromados aplicados de forma subtil e o clássico “Hoffmeister kink” no pilar C. O vidro traseiro encontra-se coberto por uma grade tipo favo de mel – um elemento típico do design de Gandini – cuja cor preta se destaca na carroçaria pintada em champanhe.

Quanto ao interior, o departamento de design da BMW recriou todos os pormenores do Garmisch. No painel de instrumentos o rádio em posição vertical, o cockpit coberto por couro branco, acompanhado por inserções de madeira e plástico preto.

 

Fonte: Jornal Dos Clássicos